25/04

Pote da Calma – um jeito fácil de acalmar a criança

Arteria Criativa, Dicas & Resenhas, DIY, Filhos - Por Carina Hatano Czerveny

Olá, minhas queridas do doce arteRia. Tudo bem com vocês?

Se você fica de mãos atadas e se sente impotente diante de uma crise de nervosismo expressa pelo seu filho. Se não sabe o que e como fazer para ajudá-lo nesses momentos ou até mesmo após uma briga, uma chateação.

Você está no lugar certo!

No post de hoje, vou passar a receitinha de como fazer o Pote da Calma que promete ajudar a criança a relaxar em momentos de agitação, nervosismo, ansiedade, estresse.

O que é o pote da calma?

É um recipiente transparente, podendo ser um pote de conserva, uma garrafa pet ou qualquer embalagem que seja transparente e contenha tampa. O recipiente será preenchido com líquido, glitter, corante e o que a sua criatividade permitir.

De onde surgiu?

O pote da calma “Calming Jar” foi inspirado no método Montessori, criado por Maria Montessori, médica e educadora. Ela procurou criar um método que ajudasse a criança a aprender de forma divertida e lúdica, focando ainda em atividades que auxiliasse a criança a se relacionar com as suas emoções.

Objetivos

  • Acalma;
  • Aumenta a concentração;
  • Estimula a reflexão;
  • Aumenta a criatividade;
  • Auxilia na respiração;
  • Desacelera os batimentos cardíacos;
  • Facilita o contato com as emoções.

É uma ferramenta que por si só já chama muita atenção, não somente das crianças, mas de nós adultos também.

Segundo estudos, enquanto a criança agita o pote e observa o movimento do glitter, ela consegue fixar a sua atenção, desacelerando os batimentos cardíacos e controlando a ansiedade através da respiração. Assim, após estarem mais tranquilos, conseguem explicar melhor o motivo da chateação, da frustração, mantendo um diálogo mais eloquente com os pais, educadores, com as pessoas adultas.

Materiais

  • Recipiente transparente com tampa;
  • Água quente;
  • Corante alimentício líquido;
  • Cola glitter;
  • Purpurina;
  • Pode ser usado ainda: lantejoula, glitter em formato de estrelinha, coração, miçangas, etc.

Como fazer?

– Despejar a água quente dentro do recipiente, não encha todo o pote, deixe um espaço para poder agitar a água;
– Adicionar o corante alimentício (1 a 2 gotas);
– Acrescentar a cola glitter (3 colheres de chá);
– Colocar purpurina (3 colheres de chá);
– Fechar o pote;
– Agitar tudo.

Como apresentar o pote ao (a) seu filho (a)?

Peça a ajuda dele para confeccionar o pote da calma, deixando que ele escolha as cores que deseja.

Após a confecção, mostre a ele qual o objetivo do pote e quando ele pode usá-lo. Aproveite esse momento e o movimento do glitter para ensiná-lo técnica de respiração que auxilia no controle da ansiedade. Você poderá, ainda, escolher um espaço legal da sua casa e fazer o cantinho da paz, falarei sobre ele num outro post.

No início, você poderá oferecer o pote da calma quando perceber que algo não está legal no seu filho, mas que a crise ainda não esteja completamente instalada, aos poucos, ele mesmo vai tendo a consciência e reconhecendo suas próprias emoções e irá direto ao pote.

É isso aí, minha queridas arteiRas. Espero que tenham gostado e compartilhem conosco a experiência de vocês com o pote da calma.

Beijinhos e até a próxima!